sábado, 5 de dezembro de 2009

SOBE E DESCE

O mercado de automóveis anda tão aquecido que até o saldo da balança comercial foi influenciado pelo forte aumento nas importações de automóveis. A queda de 62,4% no saldo da balança comercial em novembro, em comparação a igual mês de 2008, foi influenciada por forte aumento nas importações de carros argentinos, mexicanos, alemães e coreanos. Já as motos tiveram uma queda de 26% na produção e vão contra ao que se podia esperar tendo em vista que o trânsito anda cada vez mais caótico e já se fala até em aumento dos dias e do período do rodízio.

(Reprodução - Valor Online Dica do M - Valor Econômico Dica do Faustino)

3 comentários:

Francisco J.Pellegrino disse...

Este post merece uma reflexão por parte de todos nós.....PARECE COISA DE VICIADO EM ÁLCOOL ....quanto mais se bebe, mais se quer beber....com os carros tem acontecido a mesma coisa, não tem mais espaço nas ruas mas estamos fabricando/importando cada dia mais
carros, incentivando este povo que não opta, por motivos óbvios pelo transporte publico. Estamos fazendo a opção pelo automóvel, assim como fizemos pelo caminhão em detrimento ao transporte por trem....NÃO É MINHA ÁREA, MAS AINDA VAMOS NOS LAMENTAR POR ESTES ÊRROS.

Buonanno disse...

Chicão,

é verdade! Mesmo porque o nosso governo continua protegendo a indústria automobilística, haja vista a prorrogação da redução do IPI.

Joel Marcos Cesetti disse...

Já tem carro saindo pelo ladrão.

Gostei do gráfico.


abs