segunda-feira, 18 de janeiro de 2010

ÁLCOOL OU GASOLINA

(num sabia!)Por conta do alto preço do açúcar lá fora, mais a entressafra na produção de cana, já não está compensando mais abastecer nossos carros “flex” com álcool em várias cidades, inclusive em São Paulo. Para ajudar, existem especialistas dizendo que o uso contínuo do álcool entope válvulas. Segundo eles, os carros flex devem ser abastecidos com gasolina pelo menos uma vez a cada 5.000 quilômetros rodados com álcool. Dizem que o uso prolongado do álcool gera um acumulo de goma nas válvulas de admissão - um veículo engasgando pode ser um dos sintomas. A reportagem afirma que a gasolina limpa o sistema, além de dizer que essa recomendação consta do manual do veículo (?). A dúvida do que fazer fica para os carros que rodam exclusivamente com álcool.

(Reprodução - Folha de São Paulo)

11 comentários:

Pé de Chumbo disse...

Pois é.
Tenho um Monza 83 a álcool que nunca engasgou.
E nunca lí nenhum manual que recomende esse negócio de colocar gasolina pra limpar as tripas.
Tem gente inventando moda por aí...

Francisco J.Pellegrino disse...

Tio, este é um daqueles mistérios incompreensíveis, dizem que o alcool não suja o óleo diferentemente da gasolina desgraçada que temos à disposição, tenho uma Courier 1998 com mais de 240.000 km sempre abastecida a gasolina e com trocas de óleo de no máximo 4.000 km, o motor é limpinho sem formação de borras. O Honda que eu vendí era flex e esporádicamente eu abastecia com gasolina, a diferença de desempenho era nenhuma, apenas o consumo com alcool era muito alto.

M disse...

É muita "falação", mas borra nas válvula já é demais !
Se alguem falar dos bicos, ainda posso aceitar, mas a verdade é que flex é quebra-galho !
O motor a álcool, para ser eficiente, deve ter uma taxa de compressão de 12:1, e nenhum dos que andam por aí tem isto !
Tem todos, no máximo, 10:1; que é o que o motor aguenta para andar com a nossa gasolina de posto !
Portanto, andando com álcool, fica abaixo da eficiência, e o consumo é muito mais alto do que poderia ser !

Pé de Chumbo disse...

Isso aí, M.
Ou o motor é desenhado pra álcool, ou pra gasolina.
Meio termo pode até existir, mas fica como a historia do pato:
Voa, anda e nada, mas faz tudo muito mal...

M disse...

Hehehehhhh...
Infelizmente é isto aí !
Flex é quebra-galho !
Vamos encarar assim: É um bom motor a gasolina, que pode andar com álcool, mas com baixa eficiência !
E lembre-se de que bicos de injeção não gostam de álcool - vão durar menos !

Speed disse...

Tenho uma Zafira 2010 flex e o manual aconselha colocar aditivo para carros flex a cada 4 "tancadas" apenas se o carro roda pouco ou se não usa nunca combustível aditivado. Em outras palavras, é o mesmo que, a cada quatro tanques com álcool, usar um tanque com gasolina aditivada.

Andei 140.000 km com uma Elba a álcool e nunca tive problema com essa tal goma...

roberto zullino disse...

O Blog está abandonado, estou mandando uma ambulância do SAMU e um caminhão da Limpeza Pública na casa do Tio Mimi, um dos dois resolve.

None Weasley disse...

No meu Fiesta 2008 gasosa só na estrada para percursos longos.
Ida e volta pra Sampa/Santos, só `arco` no tanque.Consuma ligeiramente melhor com gasosa.

O mais é falação inútil.

Zu: já se sabe qual dos dois foi utilizado?

Regi (pra variar, com outro nick)

Buonanno disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
roberto zullino disse...

Como assim? Só isso de explicação?

Será que o tio foi abduzido ou sequestrado e só conseguiu mandar essa mensagem?

De Gennaro Motors disse...

só to colocando gasolina....e olha que é um celta !